09 outubro 2005

Autárquicas lusitanas: o “time after”

João Tunes, do Água Viva, sob o título “Agora…” faz uma interessante quanto brilhante análise política às eleições autárquicas portuguesas apresentando-os como falhados nos seus objectivos.
Mas, o meu amigo vai me desculpar pois, numa coisa está enganado, diria mais: redondamente enganado.
Segundo o que ouvi, nenhum - repito nenhum - perdeu. Todos ganharam. Este por recuperou a Câmara X; aquele porque não deixou ir a Câmara Y; o outro porque mostrou que as políticas Socratianas (o moderno, não confundir com o clássico) são de Direita, logo de derrotar e porque não obteve mais Câmaras que antes; o outro porque - sei lá, já nem sei - o outro porque tem mais autarcas que anteriormente, mesmo não ganhando quase Câmaras nenhumas; o outro porque provavelmente consegui ver o seu 8 deitado a aparecer na TV; ou o outro que quem ganhou foi uma empreiteira – por sinal com interesses em Angola – e a Comunicação Social.
Enfim.
Todos ganharam, nenhum perdeu.
E quando numa primeira vista pareceria terem perdido, quem perdeu não foram eles, mas os cidadãos que depositaram a cruz do seu voto no adversário a abater.
Claramente, na política portuguesa não há políticos derrotados. Os únicos são aqueles que ainda vão depositar o rectângulo com cruz e desde que não seja o quadrado deles.
Resumindo, em Portugal, numa qualquer campanha política, seja ela qual for, não há derrotados. Só vencedores, ou, então, mandam-nos com o aforismo de não terem conseguido atingir todos os objectivos a que se propuseram.
Apontem-me um, só um que seja, que diga: Eu perdi.
.
ADENDA: é Água Lisa e não como está escrito. Ao autor do blogue as minhas desculpas.

3 comentários:

Anónimo disse...

Join the Line56 Community
Dear Line56 Readers, We've been building a select community of business and e-business readers since 1999.
Find out how you can buy & sell anything, like things related to private road construction on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like private road construction!

th disse...

Um só, eu ouvi...JOÃO SOARES!
meu amigo tem que ir ao seu blog, como se fosse postar, depois
-definições
--comentários
---exibir uma confirmação de palavras para os comentários OSim
(desta forma deixa de ter comentários como esse que está ao lado, eu já fiz o mesmo no meu blog e aconselho)

ELCAlmeida disse...

Cara amiga Th vou seguir o seu conselho.
Já estou farto de limpar comentários publicitários. Porque os outros, só ofende quem pode enão quem quer. E desses não conseguem ofender nem este escriba nem aqueles que me visitam.
Agradecimentos e felicidades para o Rrras-te-parte e a Sebenta.
Eugénio Almeida