19 novembro 2005

Onde está Bento Bembe?

© Foto de Silva Pinto (Tonspi)
António Bento Bembe, dirigente da FLEC e do Fórum Cabindês, desapareceu em vésperas de ser analisado o pedido de extradição feito pelos EUA a abrigo da acusação que existe sobre aquele, de rapto de um cidadão norte-americano. Pedido esse que chegou a ter o patrocínio da actual secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice.
Segundo alguns dos seus companheiros Bembe não desapareceria se a tal não fosse forçado – leia-se raptado –; só não se sabe se isso aconteceu. Bembe sentia-se protegido em Holanda como os factos posteriores o confirmam.
Mas se aconteceu a quem acarretar as culpas. A Angola que veria, por certo, com bons olhos o desaparecimento de uma personalidade que lhe tem causado alguns incómodos pelas tomadas de posição sobre Cabinda? O os EUA que prevendo um eventual não ao pedido de extradição.
E foi isso que aconteceu.
A justiça holandesa recusou a extradição do cidadão angolano de origem cabindense.
Ora de acordo com segundo o Luanda Digital, citando a justiça holandesa o próprio MNE angolano terá apelado ao Tribunal holandês o “não” à extradição realçando para a importância do responsável do Fórum Cabindês para o processo de paz em Cabinda. (Todavia, sabe-se que as moscas também se apanham com mel).
Só restam duas opções.
Ou Bembe estaria escondido temendo pela vida e à espera desta decisão do Tribunal; e se assim for já pode reaparecer em cena, feliz e contente, ou…
Os EUA provocaram, conforme acusam alguns dos seus detractores e apoiantes do dirigente cabindense, o seu rapto.
Já agora, porque não se pede à U.E. para investigar, juntamente com o caso das prisões secretas da CIA se Bembe não estará algures numa delas… (caso se confirme a sua existência). Assim como assim…

1 comentário:

MN disse...

Cada vez mais me sinto revoltado, quanto mais leio e percebo de jogos do poder mais me arrependo de ser letrado. É frustrante... só jogos sujos.