26 março 2006

Guiné-Bissau, qual crise fronteiriça?

Image hosting by Photobucket
Refugiados na zona de Bourgadie (Casamance/Senegal)

O governo bissau-guineense legitimado por "Nino" Vieira e seus pares da Assembleia fez, em tempos, um declaração - entretanto nunca retirada ou anulada -, e contrariando uma posição das cúpulas militares, que não havia qualquer crise ou movimentação militar na fronteira bissau-guineense-senegalesa, e muito menos com hipotéticos separatistas casamansence.
"Nino" Vieira, sem a desmentir foi afirmando que a crise fronteiriça não era problema guineense, pelo que, provavelmente, os refugiados estacionados nas vilas de Suzana e Varela, perto dos conflitos, ou em Cacheu deverão ser só casamansences fugidos... provavelmente!
Nada como dar uma olhadazinha no "Africanidades" e ver os sugestivos apontamentos e tocantes fotografias que Jorge Neto nos oferece para perceber como o Governo bissau-guineense estava tão certo. É ir enquanto deixarem...
Crise na fronteira? qual crises, senhores!? é tudo vozes da reacção. Segundo parece nem terão morrido 2 soldados nem ficado feridos 4 devido ao acionamento de uma mina na esgtrada que liga S. Domingos a Suzana...

1 comentário:

Piti disse...

Caro, está na altura de reler o "1984" de George Orwell...