12 novembro 2008

Benguela política em Debates

(A belíssima enseada da Caotinha, a poucos quilómetros a Sul de Benguela; foto ©Frederico Sá Pinto, daqui; Agosto de 2004)

A Sociedade Civil angolana, em geral, e a da província de Benguela, em particular, tendo em consideração os desfasamentos e desequilíbrios político-partidário ocorridos com as eleições de 5 de Setembro passado e, subsequentemente, o novo figurino da Assembleia Nacional resultante das mesmas, é de opinião que deve-se fazer um amplo debate sobre esta temática.

Não esquecer, que, se tudo decorrer normalmente, no próximo ano decorrerá a eleição presidencial onde parece somente se perfilar um candidato credível que, e reafirmo uma vez mais, deveria abster-se de o fazer para ficar como a reserva moral da Nação.

O partido, por acaso vencedor das legislativas, de que é presidente e natural candidato tem mais personalidades para se apresentarem com evidentes possibilidades de eleição. Mais a mais, a oposição parece não conseguir congregar vontades para apresentar um candidato com possibilidades de vitória e aquele que melhor poderia ter essa hipótese já mostrou pouca apetência para se apresentar ao voto popular. Lamentavelmente!

E porque a Sociedade Civil não deve ficar parada, uma ONG angolana, a OMUNGA em colaboração com outras instituições da Sociedade Civil, concluíram ser necessário levar a cabo um programa de debates consecutivos que deverá ter o seu início amanhã, 13 de Novembro, nas instalações da Emissora Provincial de Benguela (RNA).

Nos referidos debates, baptizados de QUINTAS DE DEBATE, abordar-se-ão questões políticas, económicas e sociais conforme se pode perceber pelo naipe de prelectores que estarão nesses debates e que a seguir se amostra:

LEGISLATIVAS 2008: O que faltou aos partidos da oposição? Dia 13 de Novembro de 2008, pelas 14 horas, com FILOMENO VIEIRA LOPES, da FpD;

PROTAGONISMO POLÍTICO DA JUVENTUDE: Quais os factores de dinamização da participação política da juventude? A 27 de Novembro de 2008, será prelector o ANTÓNIO CAPALANDANDA;

A UNIVERSIDADE E A DEMOCRACIA: Qual o papel da Universidade na construção da Democracia? Será orientado pelo académico NUNO VIDAL, a 11 de Dezembro de 2008;

DESCENTRALIZAÇÃO E DESCONCENTRAÇÃO: Conceitos e realidades. O papel da SC nos CACS. Terá FERNANDO PACHECO como comunicador e está previsto para 11 de Janeiro de 2009.

Os debates poderão ser seguidos através do portal/blogue para isso criado:
http://quintasdedebate.blogspot.com/

Estes debates contam com o apoio das secções do Lobito e Benguela dos principais partidos angolanos, nomeadamente MPLA e UNITA, do Governo Provincial e de diferentes instituições Civis e Académicas da província.

1 comentário:

Nora disse...

Su blog es verdaderamente interesante.
Saludos cordiales desde Argentina para usted.