15 dezembro 2008

Angola chega à F1?

(imagem RT-home)

O piloto angolano Ricardo Teixeira foi convidado pela Williams, escudaria de Fórmula 1, para fazer testes.

Relembre-se que Ricardo Teixeira tem corrido em F3 nas terras de sua majestade pelo que é perfeitamente natural que a britânica Williams o tenha contratado e possa tornar o angolano no segundo piloto africano, depois do sul-africano
Jody Scheckter, na disciplina máxima do automobilismo.

Vamos esperar pela próxima temporada e ver até onde vai chegar Ricardo Teixeira e se iremos, em breve, rever F1 em África. Angola tem, pelo menos, três autódromos que podem e dever ser recuperados.

1 comentário:

Guilherme Freitas disse...

Seria ótimo ter um piloto africano na F-1, que se resume a Europa e América. Isso pode trazer visibilidade a África. Mas muita gente ia falar besteiras, pelo fato de Teixeira ser branco e não negro.