13 janeiro 2011

Cheias, cheias e mais cheias e outras catástrofes…

(Brisbane, Austrália; imagem da Internet)

O ano de 2011 está a iniciar muito mal. São só cheias no Estado de Queensland, Austrália, cheias no Estado do Rio de Janeiro, Brasil e mais cheias em Sri Lanka e no Sudeste da África Austral, nomeadamente e como habitualmente, em Moçambique, em parte devido também às chuvas intensas nos países vizinhos.


Parece que El Niño está aí em força!


E já não contamos com os sismos (Chile e Nova Caledónia) e com as crises políticas na Argélia, Tunísia e a manutenção da crise na Costa do Marfim


Isto para não evocar um ano depois do sismo do Haiti onde tudo continua na mesma fora o número de mortos que parecem continuar a aumentar e depois de tão propalada e badalada ajuda mediática que nunca mais aparece...

2 comentários:

Calcinhas de Luanda disse...

Não é o El Niño porque isso daria temperaturas elevadas na América do Sul, nomeadamente no Brasil. Trata-se de um fenómeno complementar, conhecido na região por La Niña, que é quando aparecem as chuvas excessivas.
Estes fenómenos aparecem ciclicamente e de forma alternada.

Rosa Azul disse...

So 1 reparo: no Haiti as coisas nao continuam o mesmo depois de 1 ano, as coisas "pioraram do ruim".A colera propagou-se por todo Haiti e as mulheres estao a ser violadas em numero assustador.'E caso para dizer que se alguem pensava que os haitianos estavm no fundo do poco entao ainda nao tinham chegado, nao ha fim naquele inferno.