04 novembro 2011

E já lá vão 55…

Faz hoje 55 anos que a Hungria viu a sua revolução magiar ser “invadida” pelas tropas da então União Soviética.

Havia uns dias que os húngaros reclamavam a democracia plena no seu país e a libertação do jugo soviético, depois do fim da guerra. Finalizaria, brutalmente, sete dias depois.

Estávamos a 4 de Novembro de 1956.

Nesse dia (e a esta hora), no hemisfério sul, estava um lindo domingo de sol, como é habitual nas terras quentes de Angola e o mar estava calmo na bela cidade do Lobito e na sua maravilhosa Restinga.

Nesse dia, há 55 anos, segundo a BBC, eu era o 2.841.937.948 indivíduo a chegar ao mundo e um dos que tinham o privilégio de ver a maravilhosa cor angolana.

E em 55 anos já chegámos aos 7 mil milhões de habitantes na Terra…

4 comentários:

Celina Dutra disse...

Parabéns pelo aniversário!Gostei disto "um dos que tinham o privilégio de ver a maravilhosa cor angolana". Bonito!
Muitos girassóis todos os dias na vida! Beijos

Orlando Castro disse...

Milhões são mesmo muitos. Mas com a tua qualidade se calhar são meia dúzia... ou menos.

Parabéns meu Velho.

Retornado disse...

Faz agora 36 anos, algum soviético me sibstituiu em Angola, e até poderá ter ocupado a minha residência em Luanda.

A minha ou de outros.

Espero poder ler por muitos anos estas linhas.

PÁGINA GLOBAL disse...

55. Bela capicua. Que conte mais capicuas até 111, pelo menos... Era bom e é possivel.

Boas comemorações.

Cumprimentos

AV