26 abril 2015

Entrevista à Rádio Angola

Segundo a Rádio Angola:

«Entrevista com o acadêmico Dr. Eugénio Costa Almeida 

Rádio Angola (RA): Serafim de Oliveira entrevisto o Dr. Eugénio Costa Almeida, Angolano radicado em Portugal , Investigador no Centro de Estudos Internacionais, Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-CEI – IUL) e do CINAMIL (da Academia Militar portuguesa). 

Eis o teor: 
- Importância do 25 de Abril de 1974 para Angola? 
- Queda do petróleo em Angola tem afectado as relações comercias com Portugal? 
- O caso BESA terá exposto os negócios de "certos angolanos" em Portugal? 
- Lei do registo eleitoral 
- O que lhe parece sobre os empréstimos externos contraidos pelo o Executivo Angolano? 
- As detenções por razões políticas em Angola, especificamente em Cabinda preocupa-lhe?

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para 
info@friendsofangola.org. A Rádio Angola – uma rádio sem fronteiras – é um dos projectos da Friends of Angola, onde as suas opiniões e sugestões são validas e respeitadas!»

Pode aceder à entrevista aqui.

25 abril 2015

Bandung: os 60 anos da afirmação do ásio-africanismo

"Estamos a recordar 60 anos que ocorreu, em Bandung, Indonésia, uma reunião que viria a ser relembrada como a Conferência de Bandung; nome com o qual ficou conhecido, historicamente, este encontro ocorrido naquela cidade indonésia entre 18 e 24 de Abril de 1955 e que reuniu os líderes de 29 estados asiáticos e africanos, representando os destinos de cerca de 1.350 milhões de seres humanos.

Esta conferência tinha como um dos principais objectivos desenvolver no futuro uma nova força política global – que alguns passaram a chamar de Terceiro Mundo – que não fosse sujeita aos ditames bipolar das duas superpotências da época: os EUA e a então URSS (União Soviética). (...)"
(pode aceder ao texto integral em: aqui, na Academia.edu ou na Página global)

Publicado no semanário angolano Novo Jornal, edição 377, 1º Caderno, página 19

04 abril 2015

O Dia da Paz


Hoje é o Dia da Paz e da Reconciliação Nacional.
Porque ainda há passos para fazer e porque a Reconciliação Nacional só pode acontecer quando toda a Sociedade estiver preparada para dar e receber, recordo o texto que escrevi em 2014 pelos 12 anos do Dia da Paz.


Considero que continua muito actual!

Angola no CS e na APSA - artigo


Artigo publicado no semanário Novo Jornal, edição 374, de 3 de Abril, página 19 (1º Caderno)

Podem aceder aqui para leitura integral.

26 março 2015

Iémen, palco de uma luta fratricida

(foto do ©Público, de 26Mar2015)
O Iémen desde há muito que se tornou no palco do confronto fratricida entre duas correntes islâmicas da Península Arábica: de uma lado os sunitas apoiados pela Arábia Saudita; do outro xiitas com o suporte financeiro e militar do Irão.

Raúl Braga Pires, no seu blogue Maghreb-Machrek faz algumas análises à situação no Iémen, a última teve a haver com o massacre a duas mesquitas iemenitas.

Razões que, talvez, e entre outras, nomeadamente a dicotomia sunita-xiita, tenham levado à intervenção, hoje, de uma coligação árabe chefiada pela Arábia Saudita através de bombardeamentos à capital Sanaa e a outras zonas controladas pelos xiitas.

Ainda assim, de destacar que as zonas controladas pela al-Qaeda ainda estão "sossegadas"; ou, mera consideração analítica, não fossem estes sunitas...

Interessante!

Não esquecer que o Iémen controla uma das entradas para o Mar Vermelho e é vizinho frontal do Djibuti e da conturbada Eritreia. E se o controlo do Mar Vermelho cair nas mãos de insurgentes isso terá efeitos catastróficos para o Canal de Suez; daí o Egipto também participar na coligação.
...

14 março 2015

Lobito de luto!

(Sobre foto de ©Elcalmeida; Lobito, Maio de 2009)

Lobito está de luto devido às fortes chuvas que ocorreram na passada quinta-feira e que provocaram inúmeras enxurradas. Há 63 mortos, 35 das quais crianças, só no Lobito (e mais 1 vítima na aldeia piscatória da Caota, a sul de Benguela, capital da província).

Segundo o semanário Sol, o Bairro da Luz, onde vivi uma bela infância, durante muitos anos, foi um dos afectados.

Já a TPA (Televisão Pública de Angola) criou uma linha solidária para apoiar todos que foram afectados pelas enxurradas. e diga-se, que não foi só a província de Benguela a afectada. Também Luanda, como habitualmente, viu parte dos seus bairros afectados pelas chuvads dos últimos dias.

A minha cidade está de luto!