07 abril 2006

Imigrantes expulsos de Portugal

© Trabalhadores-migrantes; enquanto úteis…

Muito se tem falado em expulsão de imigrantes…
Só durante o ano de 2005, e de acordo com dados do SEF citados no DN, Portugal terá expulso 784 imigrantes ilegais; mais 270 imigrantes que o ano anterior, representando um aumento de 53% nas expulsões. A maioria dos expulsos é de nacionalidade brasileira, alguns já há uns anos a residir em Portugal e que estavam a atentar obter a sua regularização ao abrigo do “Acordo Lula” mas que, até ao momento, o não conseguiram, na maioria dos casos por dificuldades em obtenção de acordos de trabalho válido junto de empregadores nacionais.
Pois é!! tantas “lágrimas e ranho” por imigrantes portugueses expulsos do Canadá – e que, segundo uma frase dada como sendo de António Vitorino, terá uma legislação menos restritiva que a Europeia – enquanto em Portugal se vai expulsando pessoas sem que esses “fazedores de lágrimas” nada digam.
Há que seguir as normas e fazer como diz o adágio popular: faz o que ele diz [aqui está o legislador português], não o que ele faz [os “biltres” dos canadianos].

1 comentário:

IO disse...

Não é assim que se deve estar na vida, 'lixaste-me, estás lixado!', mas, isto serviu ainda para lembrar aos portugueses o passado recente - 'vamos indo por terras de França' & tal, conhecida canção -, algo que muita gente já andava a fingir que nunca tinha existido... - abraço, Eugénio, IO (uma que, no meio disto tudo & relativamente), até tem direito a 'exílio dourado'...