10 Outubro 2008

Novo governo angolano vai ter 53 Vice-ministros!!

O presidente Eduardo dos Santos nomeou hoje em Luanda 53 Vice-ministros para o novo Governo saído das eleições de 5 de Setembro.

53 Vice-Ministros para um país como Angola, uff, é obra!!! E será que vai haver também Secretários de Estado ou o Governo fica por aqui?

No entanto não posso deixar de anotar que há nomes bem colocados e que, por certo, irão elevar as pastas para que foram nomeados, como o da Cultura.

Aqui ficam os nomeados:
Vice-ministros da Defesa Nacional - Cândido Pereira dos Santos Van-Dúnem; Agostinho Fernandes Nelumba; Gaspar Rufino dos Santos
Vice-ministros do Interior - Sebastião José António Martins; Ângelo de Barros Veiga Tavares; Eduardo de Almeida Ferreira Martins; José Bamoquina Zau
Vice-ministro das Relações Exteriores - Georges Rebelo Chicoty
Vice-ministro da Economia - Job Graça
Vice-ministros da Administração do Território - Edeltrude Maurício Fernandes Gaspar da Costa; Graciano Francisco Domingos
Vice-ministro da Administração Pública, Emprego e Segurança Social - Sebastião Constantino Lukinda
Vice-ministro da Justiça - João Alves Monteiro
Vice-ministros do Planeamento - Carlos Alberto Lopes; Pedro Luís da Fonseca
Vice-ministros das Finanças - Valentina Filipe; Manuel da Cruz Neto
Vice-ministro do Comércio - Gomes Cardoso
Vice-ministro da Hotelaria e Turismo - Paulino Baptista
Vice-ministros da Agricultura - Zacarias Sambeni; André de Jesus Moda; José Amaro Tati
Vice-ministros das Pescas - Vitória Francisco Lopes Cristóvão de Barros Neto; Guido Valdemar da Silva Cristóvão
Vice-ministro da Indústria - Abrahão Gourgel
Vice-ministros dos Petróleos - Aníbal Octávio Teixeira da Silva; José Gualter dos Remédios Inocêncio
Vice-ministro da Geologia e Minas - Lourenço Mahamba Baptista
Vice-ministros do Ambiente - Luís de Assunção Pedro da Mota Liz; Sianga Abílio
Vice-ministro da Ciência e Tecnologia - Orlando José da Mata
Vice-ministro do Urbanismo e Habitação - José Manuel dos Santos Ferreira
Vice-ministros das Obras Públicas - José Joanes André; Manuela Bezerra
Vice-ministra dos Transportes - Carla Leitão Ribeiro de Sousa
Vice-ministro da Energia - João Baptista Borges
Vice-ministros das Telecomunicações e Tecnologias da Informação - Ana Maria Ribeiro Agostinho Guimarães; Pedro Sebastião Teta; Aristides Frederico Safeca
Vice-ministros da Saúde - Evelize Joaquina da Cruz Frestas; Carlos Alberto Masseca
Vice-ministros da Educação - Pinda Simão; Narciso Damásio dos Santos Benedito
Vice-ministros da Cultura - Cornélio Caley; Luís Kandjimbo
Vice-ministros da Assistência e Reinserção Social - Mateus Miguel Ângelo; Maria da Luz do Rosário Cirilo de Sá Magalhães
Vice-ministra da Família e Promoção da Mulher - Ana Paula da Silva do Sacramento Neto
Vice-ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos de Guerra - Clemente Cunjuca
Vice-ministros da Juventude e Desportos - Albino José da Conceição; Yaba Alberto
Vice-ministro da Comunicação Social - Manuel Miguel de Carvalho "Wadijimbi"
e Secretário de Estado das Águas - Luís Filipe da Silva

1 comentário:

Anónimo disse...

Podemos sempre dar o beneficio da dúvida mas insistir que a cultura vai ser bem gerida por a pasta estar com uma Benguelense é quase cómico para não dizer bairrista ou outras coisas mais. Os governos M pouco ou nada fizeram pela cultura em Angola, apenas usam a cultura para o que querem. Quem manda é JES e essa senhora vai por tanto fazer o que JES mandar... ora JES é o chefe dos sucessivos governos M... por tanto... faça as suas contas...