31 março 2006

Futebol vai punir energicamente o racismo

(contra o racismo)

As equipas e os clubes cujos jogadores, dirigentes ou adeptos sejam comprovadamente responsáveis por insultos racistas ou quaisquer outros atentados à dignidade humana nos estádios de futebol terão à perna a mais recente emenda ao Código Disciplinar da FIFA (CDF). O primeiro acto público de discriminação será punido com três pontos e a reincidência penalizada com seis. Para a terceira infracção não haverá dó: descida de divisão, sem apelo... A revisão do artigo 55 do CDF já chegou às federações, com ordem de entrada imediata em vigor.

Pode ser uma medida dura. Ainda bem que o é. Assim, haverá mais mão dos clubes nos energúmenos que, hipoteticamente, os apoiam porque serão as suas finanças que mais sofrerão.
Mas não serão só os clubes os mais prejudicados. Também a sociedade civil ficará - terá de ficar - mais exposta devendo ser, por isso, menos condescendente e, espero, mais activa no combate ao racismo.
Só espero que as "lutas" futebolísticas em alguns países, ou regiões, não levem adversários criarem, artificialmente, conflitos rácicos para "despojarem" os seus adversários de corridas a títulos.

1 comentário:

natalia disse...

olá amigos

vi esses videozinhos nesse site e adorei .... vale a pena conferir ...... é um site da nike com vários videozinhos sobre futebol .....a idéia deles é disseminar o manifesto "joga bonito" ...é demais !!! olhem !!

http://www.nk6.com.br/jogabonito/

Abraços