20 março 2006

21 de Março, Dias Mundial da Poesia e da Árvore

Image hosting by Photobucket

"Mangueira em flor"
(retirado daqui com a devida vénia)
.
Nos Dias Mundial da Árvore e da Poesia, uma homenagem a um poeta angolano que luta por nos poder continuar a ofertar novas e belas odes poéticas: António Cardoso.

Árvore de Frutos
Por: António Cardoso

Cheiras ao caju da minha infância
e tens a cor do barro vermelho molhado
de antigamente;
há sabor a manga a escorrer-te na boca
e dureza de maboque a saltar-te nos seios.

Misturo-te com a terra vermelha
e com as noites
de histórias antigas
ouvidas há muito.

No teu corpo
sons antigos dos batuques à minha porta,
com que me provocas,
enchem-me o cérebro de fogo incontido.

Amor, és o sonho feito carne
do meu bairro antigo do musseque!

Mais poesia, poderão ler no meu outro blogue: Malambas.

3 comentários:

IO disse...

Bonito post, obrigada e um beijo!, IO.

Anónimo disse...

E o tão badalado "caso Miala" e a alegada tentativa de golpe de estado?
Não há comentários?
Abraço

ELCAlmeida disse...

Não gosto de responder a questões anónimas... mas como tenho a certeza que quem colocou a questão não reparou na falta de identificação eu respondo na mesma: não está esquecido e quanto ao "golpe de estado" se houve foi mais palaciano e ver quem aproveita quem do "deslize" de Miala. Vamos deixar arrefecer um pouco mais a coisa para podermos com pragmatismo e recionalidade fazer os respectivos comentários.
Kdd
EA